segunda-feira, 18 de novembro de 2013

Eu e a dupla de primos fodilhões

Ora aqui vai um relato que já ando a que tempos para escrever ( a par com dezenas de outros ), mas vou adiando, distraindo me com outras coisas e vai passando  fqq4

Mas deixem me primeiro que vos diga, que uma das coisas que guardei dos meus tempos  idos de swinger, foi o gosto em estar ao mesmo tempo com dois homens .. A primeira recordação que tenho , foi logo na primeira vez, apesar do meu nervosismo que só me dava para rir , ter conseguido fechar os olhos e ter me conseguido descontrair  ao ponto de  perdido a noção de quem eram as mãos que me acariciavam.... de quem estava a mexer e onde.. É claro que isso só foi possível devido ao grau de confiança que eu tinha num deles, que era na altura meu namorado..
Desde que sou acompanhante, e apesar de só entrar em esquemas do gênero com quem eu me sinta muito a vontade, a verdade é que nunca mais me consegui descontrair ao ponto de me "abandonar " daquela maneira , pois por muito a vontade que me sinta, é raro desligar os "radares" por completo.. Bem, pelo menos foi assim até a umas semanas atrás..

Jean ( vou lhe chamar assim ) já é meu cliente a imenso tempo, mas o facto de não morar cá, só me visita esporadicamente .. Numa dessas raras visitas, perguntou me se eu alinharia em atende lo juntamente com um primo dele.. Respondi lhe que sim, pois ele é daquelas pessoas em que me sinto bem a vontade e a ideia de poder pinar com dois primos ao mesmo tempo, excitou me   xcyui
O tempo foi passando e confesso que até me esqueci dessa proposta, mas quando ele me ligou e voltou a falar nisso, dei comigo a relembrar me toda contente face a ideia de ir para o fornicanço com dois primos e a pensar se seria inbasket   erwer
Acho mesmo que fiquei tão maluquita das ideias, que nem me dei conta da exorbitância que lhe pedi para os dias de hoje .. É claro que eles não aceitaram ( nem eu teria aceite ) , propondo me que estivesse então primeiro com um e depois com outro , por um preço mais simpático..
Ohhh  cdrr  , apesar de eu não curtir muito " estar-a-despachar-um-para-vir-o-próximo" , a verdade é que eu queria estar com os dois ao-mesmo-tempo   hyu bdw lop
Então, avancei eu com um outro valor , mas na condição que não haveria sexo anal  erwer 
Ele aceitou e fui me preparar toda contente  cpoi
Como o meu stock de preservativos estava um bocado em baixo, fui interromper quiçá o pinanço dum casal amigo que se divertia no outro quarto, a pedir uma mão cheia de tubos em latex, como se fosse a vizinha do lado pedir uma xícara de açúcar eer34  oh pah, vocês desculpem lá esta  ghj

Eles chegaram..
 O Jean com a sua simpatia habitual apresentou me ao seu envergonhado primo Philipe.. Depois de uma troca de impressões de circunstancia , e desculpando me por não dar tomar banho a três (antes que alguém partisse um osso ) , sugeri ao Philipe que fosse tomar sozinho, pois eu queria ficar uns momentos a sós com o Jean, para lhe poder perguntar alguns pormenores a ter em conta ..
Depois fomos nós tomar banho, ficando eu com a sensação que estaria a inconscientemente por o primo desconhecido um bocado de parte .. Para equilibrar a balança , assim que cheguei ao quarto já enxutinha pelo J. , dirigi me ao P. e lentamente puxei o pela mão fazendo o levantar se da cama..Em pé, inicia mos uma espécie de dança lenta e quase imperceptível , em que ambos os corpos se foram tocando, as bocas beijando, ao mesmo  tempo em que o incitava por gestos a tocar me com as mãos onde ele desejasse, o que fez com que ele se fosse  descontraindo e desinibindo.. 
O J. juntou se a nós , ficando eu no meio dos dois a receber tudo aquilo que gosto mas dobrar.. Confesso que estava nas minhas sete quintas  xcyui




O facto deles estarem a serem tão meigos comigo e também não estar mos sós no apartamento ( eles sabiam, pois eu fiz questão de lhes dizer ) , fez com que eu me fosse deixando levar pelo momento e baixasse os meus [i]radares  [/i]para o mínimo dos mínimos.. 
De olhos fechados, quieta e completamente receptiva somente ao que estava a sentir, fui aos poucos perdendo a noção de quem me estava a fazer e o quê.. Apercebi me que de vez em quando eles trocavam de lugar e quando senti uma língua quente a tocar me na púbis , nem quis saber a quem pertenceria .. Limitei me a arrepiar me de prazer , ao mesmo tempo em que inclinava o pescoço para um dos lados, dando facilidade ao que me ia beijando o pescoço lentamente , e rodopiando quieta e sem pressas, num moinho de sensações meramente sensuais que despertaram todos os meus instintos sexuais ..
Quando me obriguei a abrir os olhos , já tinha em cada uma das minhas mãos os seus membros e que erradamente ao que tinha suposto, o pau do P. era ligeiramente maior.. Reservei o para depois sem o largar, e baixei me em frente ao J. ..
Ajoelhada olhei o nos olhos, e com um sorriso malandro disse lhe sem falar que tinha chegado o momento que ele tanto gosta quando está comigo.. O olhar que me retribuiu foi de ansiedade e expectativa.. E eu... bem .. eu não o fiz esperar mais..
Devagar mas não em demasiado, fui abocanhando progressivamente o seu pau até estar quase todo dentro da minha boca .. Movi a língua em redor. suguei.. mamei.. Brinquei o que me apeteceu, mas com os gemidos e suspiros que ele ia deixando escapar, temi que ele se viesse antes do tempo, mas não .. ele aguentou se como um valente  cpoi
Como sabia que não havia crise entre eles, virei me de seguida para o pau do P. que continuava erecto na minha mão e comecei a lambe lo dos tomates até a glande.. da glande até aos tomates.. em volta nas virilhas .. depois só na glande .. e depois tudo de novo eheheh e quando me pareceu que ele se estava a resignar a ideia de eu não passar daquilo, meti o todo na boca e mamei o com a mesma vontade com que as bezerrinhas mamam nas tetas das mães.. só não lhe dei as cabeçadas típicas, pois eu não queria estimular a vinda do leitinhoeer34  sfg (ménes, eu acabei de escrever isto ?? ??   eer34 klo çºu ppoo  sfg sfg
) .. Ele tremia por todo o lado 
Voltei ao J e depois ao P.. andei ali a alternar entre um e outro, ouvindo a conversa portugo-francesada deles, a falar de mim como se eu nem ali estivesse.. Mas tudo o que eles disseram , gemeram e suspiraram incitou me a continuar, pois eu ia bem eheheh
Deu me ganas de por os dois paus ao mesmo tempo na boca, mas não arrisquei, pois assim eles estariam em contacto um com o outro e apesar de estar mais que evidente as suas liberalidades , eu não sabia até que ponto eles se sentiam a vontade um com o outro para um contacto desse tipo..
Mas a verdade é que a dada altura eles já não estava um de cada lado, mas sim de lado a lado.. ainda olhei para cima algumas vezes para ver se eles se estariam acariciar ( acho que me viria logo ali sem mais nada ), mas não detectei nada ( bolas ) .. 
O J. teve a feliz ideia de me perguntar se eu conseguiria por os dois ao mesmo tempo na boca .. E não é que eu consegui ?  wert4ghj
O que é que é melhor do que ter um pau na boca? Pergunto eu agora a vocês  qw Exactamente, ter dois ao mesmo tempo e poder rodear com a língua aquelas curvas e contra curvas em duplicado ( imaginem o símbolo do infinito )  e quando se tenta  fazer os movimentos de vai vem com a cabeça, ouvir mos assim uns sons de algo que não esta bem " vedado " eheheheh .. oh pa.. é fixe .. e eu gosto  xcyui e eles adoraram cpoi
Com os joelhos perros de tanta penitencia  oopp  deitei me na cama e ainda estava a ajeitar as almofadas debaixo da cabeça, já o P. estava a enfiar a cabeça no meio das minhas pernas e a penetrar me com a língua ao mesmo tempo que me chupava o clitóris todinho ( oh pah, eu sei lá  asd ) , fazendo com que eu me viesse logo todinha.. 
O J. ajoelhado ao pé da minha cabeça e que já conhece bem as minhas reacções orgasmáticas, esperou que eu me acalmasse um pouco e voltou a meter me o seu pau na minha boca ..
Estivemos assim imenso tempo : o P. a chupar e a lamber a minha cona toda, o J. a incitar o primo a dar me prazer, ao mesmo tempo que ia pondo e tirando o seu caralho da minha boca e eu a vir me que nem uma perdida vezes sem conta  ghj
Sentindo me consoladinha da silva, trocamos de posição.. Desta vez o P. deitado, eu a fazer lhe oral e o J. a foder me por trás..
Propus fazer mos dupla penetração..  Daquela maneira eu ainda só tinha tentado fazer uma vez, mas a sensação foi bastante desagradável, como se me estivessem a rasgar ..
Mas naquele dia excitadissima como eu estava, apeteceu me tentar de novo e eles alinharam no meu desejo..
Proteções postas  e com o P. por baixo, meti me por cima, fazendo com que o seu pau se enterrasse todo dentro de mim e ambos sentimos o quanto eu estava a ferver .. ( pudera, né ?)
O J. chegou se por detrás, ajeitou se e com cuidado foi me penetrando também , mas desta vez a sensação que tive foi de preenchimento total .. e agora pergunto eu a vocês.. o que é que é melhor do que ter dois paus na boca ao mesmo tempo ?
É ter dois caralhos bem tesos e verdadeiros , ao mesmo tempo enfiados na nossa cona quente e latejante aassfr
Mulheres, se puderem experimentem, é do melhor   gth6y

O J. foi bombando até não se aguentar mais e vir se num gemido que me fez corar ao lembrar me que o casal do quarto ao lado estaria a ouvir e de seguida foi tomar banho, vindo enxugar se para o quarto ao mesmo tempo que observava o primo a foder me numa brutal canzana até não conseguir resistir mais e explodir de prazer..

Quando acertamos o acordado, eu disse lhes que o prazer que me tinham dado com aquela experiência, tinha valido outro tanto  happy

Adorei  aassfr


1 comentário:

  1. Uau... que inveja... ha pessoas com muita, mas muita sorte... :(

    ResponderEliminar