quinta-feira, 13 de fevereiro de 2014

Descontos


Este é um assunto um tanto ou quanto agreste para ser abordado, mas na verdade vejo me quase obrigada a escrever sobre ele..


Desde que a troika começou com as troikinices , que tenho vindo a adaptar os valores para estar comigo em função das dificuldades actuais  que todos estamos a atravessar..
Quem me "acompanha " desde o inicio sabe bem das diferenças entre o quanto eu cobrava no inicio com o que cobro actualmente..
Mas sinto que cheguei ao limite dos meus limites ..
E para ser sincera, quando me falam em descontos, vem me logo a ideia " fonix, qualquer dia estou eu a pagar para me virem f....." e o meu humor e disposição passam logo para saldo negativo.. O que não convém nada a quem se pretenda ter relações sexuais, mesmo a troco de dinheiro..

Deixem cá ver se consigo explicar isto de outra maneira ..
Estarem a pedir me para eu fazer um desconto, quando eu já cobro tão pouco, é uma forma mesmo sem se darem conta de me desrespeitar.. E eu, apesar de ser prostituta, não gosto de faltas de respeito pois também não gosto de faltar ao respeito a ninguém..

Ainda há outra maneira de dizer isto:
Pedirem, principalmente com insistência que eu faça um desconto, até no convívio mais básico, é mais de meio caminho andado para que eu não receba, ou deixe de receber a pessoa que o pede/exige..
E em alguns casos já fez com que eu deixasse até de atender o telefone a certas pessoas..

Talvez agora, lendo isto aqui escarrapachado , finalmente entendam o porquê do meu silencio e pseuda indiferença..

Emoticons e smileys

8 comentários:

  1. Não poderia estar mais de acordo com o que acabaste de escrever,será que quando vão ao supermercado,ao talho,a padaria,ou quando precisam de um serviço pedem desconto?sera que quando prestam um serviço seja ele qual for dão ou dizem ao patrão para lhes fazer um desconto no ordenado,francamente,quando se pede ou se quer um serviço que englobe um valor financeiro,so ha uma coisa a fazer,ou se concorda e aceita ou não se esta de acordo com o valor e não o aceita,para mais no caso em questão,para alem de falta de respeito,como dizes e bem,é de uma indelicadeza e má educação a toda a prova.

    Beijokas minhas

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. e tudo o que escreveste também estou de acordo..

      é isso mesmo.. sem tirar nem por..

      beijinhos em ti

      Eliminar
  2. Laura, é a 1ª vez que te visito!
    Acho que consigo perceber o que sentes, e concordo igualmente com o que disse o Gandalf.

    Um beijo para ti

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Nikita ..

      Gosto muito do teu blog :)

      beijinhos

      Eliminar
  3. Não percebo sinceramente como há pessoas que pedem desconto, qualquer dia pedem FIADO!

    Os preços que praticas são irrisórios para a qualidade de mulher que és, e não falo apenas enquanto companheira de momentos de prazer, falo em todos os aspectos, sobretudo enquanto mulher.

    Os artolas que pedem descontos deviam primeiro pensar no ridiculo que sao, presumo que as pessoas que recorram aos teus serviços amiga sejam pessoas empregadas, sendo patroes de si mesmos ou empregados de outrem e não me acredito que façam descontos nos seus trabalhos e se alguem lhes pedir descontos ficam todos ofendidos e nem respondem aos emails...

    Portanto minha gente, deixem-se de ser parolos e comecem a ser educados, a Laura pode ser acompanhante, prostituta ou puta (como vulgarmente as pessoas chamam) mas é uma mulher educada e que respeita todos, portanto há que a respeitar.

    Disfrutem da sua companhia porque como ela vocês não encontram por esse mundo aos pontapes.

    E o meu comentario já vai longo mas ainda tem espaço para te enviar mil e um beijos repletos de ternura e carinho minha doce fofinha :)

    ResponderEliminar
  4. Mas afinal, quais são os preços actuais? Não os encontro nas "Condições de Atendimento"...

    ResponderEliminar
  5. Direi por telemóvel ou por email..

    Beijinhos

    ResponderEliminar